Home > Livros > Um raro achado

Um raro achado

Faz tempo que vejo um certo livro nas prateleiras virtuais e nunca pensei em adquirí-lo, até receber uma recomendação expressa – e convincente – de um dos meus professores. Pela capa e estrutura (SIM, eu compro livros pela capa. Editoras que queiram vender, aprendam com a CosacNaify) nunca dei muito valor a ele: é feinho, parecendo um desses guias turísticos “padrão”, magro e relativamente fino.

Não duvido que muitos de vocês tenham notado a invasão de livros sobre vinho no mercado. Parece que todo dia alguém vomita um livro novo e eles são, em maior ou menor escala, bem similares. Ou são guias para novatos “entenderem” o vinho, ou relatos de experiências pessoais, nem sempre muito interessantes (ou não por tempo suficiente para justificar a leitura do livro todo). Alguns poucos livros são bem editados, bem estruturados e possuem conteúdo útil tanto para novatos quanto para apreciadores experientes e outros tantos são suficientemente ricos e técnicos para atender aos estudantes e profissionais.

Wine ReportO Wine Report é organizado anualmente por Tom Stevenson, autor de vários livros sobre vinho – alguns deles bastante bons – e traz uma carga de informações absolutamente diferente do habitual: Stevenson dirige um grupo de especialistas cuidadosamente selecionado de acordo com seus conhecimentos e, mais especificamente, com seu local de atuação no mundo do vinho, para que façam um relatório do que está acontecendo de mais relevante em cada região-de-produção-chave. São pessoas do meio, atuantes e, em geral, imersas na atividade fervilhante de cada área, com a tarefa de relatar as condições e características da colheita mais recente – além de fornecer um resumo das cinco últimas -, contar o que há de mais “quente” no momento naquela região e indicar boas compras, grandes vinhos e os melhores produtores.

É forte o caráter pessoal de cada texto e o livro transmite uma sensação de confiabilidade e autenticidade que, na minha compreensão, somente a opinião pessoal, baseada em experiência e informação real e atualizada, pode transmitir.

É um livro feito por profissionais atuantes, práticos, sem as elocubrações e especulações gratuitas e descartáveis que vemos com tanta frequência por aí. Em verdade, é um livro PARA profissionais e práticos, conforme o próprio Stevenson atesta na introdução: “ao contrário da maioria dos outros livros, Wine Report considera um certo nível de conhecimento [do leitor]. Portanto, raramente há qualquer explicação de termos técnicos ou mesmo de referências a acontecimentos históricos. Espera-se que os leitores saibam o que esses termos significam e o que as referências indicam, ou que ao menos tenham a capacidade e curiosidade de procurar por eles.”

No mundo da superficialidade da informação, do nivelamento por baixo, ainda brotam raros achados…

  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.