Home > Estudo, Outros, Projeto WSET Diploma > Projeto WSET Diploma – Duração e tempo de dedicação

Projeto WSET Diploma – Duração e tempo de dedicação

Diploma

Leu o que veio antesVamos ver o que é preciso em termos de dedicação e preparo e um pouco do que cada prova demanda. No próximo post, com quem você deve falar pra facilitar seu trabalho se você mora no Brasil.

A priori, não há um tempo mínimo de permanência no curso. O processo está pensado para ser desenvolvido ao longo de 2 a 3 anos, mas se você for capaz de se preparar e superar os exames rapidamente, melhor!

Basta conseguir tempo físico para se adequar ao calendário de exames, composto por 10 provas presenciais (4 práticas, 4 abertas, 1 multipla-escolha, 1 dissertação) e um trabalho a ser enviado pelo correio.

As diferentes unidades que compõem o Diploma têm diferentes pesos em termos de “créditos”, que indicam o tempo de dedicação mínimo por parte de um candidato para que possa ser capaz de superar os exames.  Essa divisão é como segue:

.

Unidade 1 – Business of Wine

12 créditos, o equivalente a 120 horas de estudos.
Forma de avaliação: um trabalho feito em casa a ser entregue em versão física sobre temas declarados anualmente e um ensaio do tipo “Case Study” a ser escrito sob condições de exame sobre tema enviado cerca de um mês antes da data de prova.

Forma de preparo: Esta unidade é bem diferente das outras e permite um estudo mais concentrado nos meses anteriores às provas, já com temas em mãos. Vide a seção de Bibliografia para entender o tipo de material que será útil.

.

Unidade 2 – Wine Production

6 créditos, ou 60 horas de estudos.
Forma de avaliação: prova de múltipla escolha com 100 questões a ser respondida sob condições de exame. Esta prova deve ser superada para que o candidato possa fazer os outros exames.

Forma de preparo: Esta prova é fundamental, pois limita o acesso às outras provas e serve de base para compreensão de conceitos de produção que serão utilizados nos outros elementos. É preciso ter conceitos-chave de viticultura e enologia bem claros e lembrar que provas de múltipla-escolha são facas de dois gumes: por um lado, a resposta já está lá; por outro, é comum haver duas respostas bastante parecidas…

.

Unidade 3 – Light Wines of the World

30 créditos, ou 300 horas de estudos.
Forma de avaliação: uma prova aberta com cinco questões compostas (inclui sub-questões)  a ser respondida sob condições de exame e uma prova de degustação às cegas com 12 vinhos.

Forma de preparo: É aqui que o bebê-bado chora e a mamãe-sommelière não houve. Esta unidade é muito ampla e demanda uma boa gestão do tempo e das informações, além de complementar a literatura tradicional com um bom bocado de conversas com gente que esteja envolvida com as regiões de relevo. Também é indispensável degustar bastante e ter claros os estilos dos vinhos, coisa que encarece um pouco a brincadeira.

.

Unidade 4 – Spirits of the World

6 créditos, ou 60 horas de estudos.
Forma de avaliaçãouma prova aberta com uma questão composta (inclui sub-questões) a ser respondida sob condições de exame e uma prova de degustação às cegas com 3 destilados.

Forma de preparo: Para muitos, como eu, que têm o foco nos vinhos, esta unidade pode ser um desafio. A falta de hábito com termos, técnicas e produtos do universo dos destilados pode complicar. Assim como com os vinhos, é preciso conhecer razoavelmente os clássicos e não perder os underdogs de vista. Degustações também são fundamentais.

.

Unidade 5 – Sparkling Wines of the World

3 créditos, ou 30 horas de estudos.
Forma de avaliaçãouma prova aberta com uma questão composta (inclui sub-questões) a ser respondida sob condições de exame e uma prova de degustação às cegas com 3 vinhos.

Forma de preparo: É uma unidade mais curta e o fato de que está baseada numa técnica de produção com relativamente poucas variações simplifica bem as coisas. Há menos degustação para se fazer, mas é preciso ter claras as diferenças de estilo e especialmente de qualidade entre os vinhos.

.

Unidade 6 – Fortified Wines of the World

3 créditos, ou 30 horas de estudos.
Forma de avaliaçãouma prova aberta com uma questão composta (inclui sub-questões) a ser respondida sob condições de exame e uma prova de degustação às cegas com 3 vinhos.

Forma de preparo: Assim como com espumantes, há uma carga menor a estudar. No entanto, pela falta de presença de alguns estilos e falta de debate sobre técnicas no mercado atual, é preciso atenção para entender bem tanto teoria quanto o resultado na prática. A presença de álcool elevado e diferentes níveis de açúcar e acidez requer um pouco de treinamento nas degustações para maior parte das pessoas.

.

Em suma…

Somando todos os créditos, o WSET espera que um candidato dedique ao menos 600 horas ao estudo (incluindo eventuais horas de atividades de estudo presenciais ou online), ao longo de dois ou três anos, para que seja capaz de superar os exames. Sendo literais, são apenas 5 horas por semana de dedicação se considerarmos somente dois anos. Na prática, é preciso se dedicar um pouquinho a cada dia e compensar com mais volume e profundidade em determinados períodos.

Se você consegue terminar em dois anos ou não depende muito do calendário de provas e da sua disponibilidade para estar lá nas datas certas. Eu fiz o “First Semester” em 2008, com provas em 2009. O “Second Semester” fiz em 2009, com algumas provas no mesmo ano e outras em 2010. Só completei o curso em 2011, quando repeti a prova teórica da Unidade 3, que não tinha superado na primeira tentativa.

Sem dúvida a prova mais pesada é esta, que é muito ampla e requer uma boa organização mental das informações. No mais, é entender o que eles esperam de você e estudar bastante…

Ainda por vir:

Outras pessoas no Brasil – em breve

Bibliografia de estudos – em breve

Mais? – quem sabe com mais tempo…

  1. aleesteves
    19 de June, 2014 at 20:30 | #1

    Excelente texto, Bernardo, mas eu já dediquei muito mais do que 60 horas à viticultura e continua sendo difícil. Há bastante coisa e se você participa de todas as atividades online, com certeza gasta mais do que isso. Os professores recomendam 2 horas de estudo por dia, todos os dias. Vamos ver.
    Grande abraço,

    Alessandra Esteves http://www.damadovinho.com.br

    • Bernardo
      19 de June, 2014 at 21:43 | #2

      Ale, é claro que cada um deve adaptar-se conforme as próprias necessidades, mas cuidado com os excessos! Se você passou MUITO das 60 horas pode ser sinal de que está fazendo mais do que o necessário para esta etapa…

      Não deixe de dar um alô se precisar de algo e talvez valha a pena falar com a Bianca e outros que acabaram de começar também e já superaram a prova da unidade 2 pra ouvir a experiência deles.

      Bons estudos!

  2. Anderson Rodrigues
    10 de March, 2016 at 04:57 | #3

    Obrigado pelas informações Bernardo.

    Na Unidade 3, dos 12 vinhos as cegas, quantos precisa acertar? Ou como é feita a avaliação?

    • Bernardo
      10 de March, 2016 at 19:47 | #4

      Anderson,
      não é necessário acertar nenhum. As provas do WSET (em todos os níveis), tratam de analisar de forma metódica e acurada os vinhos e tirar conclusões lógicas. Nem sempre a lógica leva ao acerto e, embora isso possa tirar alguns pontos do candidato, o importante é realizar o processo da forma mais completa e correta.
      Bons estudos!

  1. No trackbacks yet.