Archive

Arquivos do

Degustadores e Amadores, Epifanias e Pontuações. Sempre as pontuações.

Venho lendo aos poucos os artigos do livro “Questions of Taste”, uma coletânea de reflexões sobre os mais variados temas do mundo do vinho com um enfoque filosófico, mas com alto potencial de aplicação prática. Esta noite, fiquei feliz em descobrir algumas que me esclarecem ainda mais o problema das pontuações.

Barry Smith, o organizador da coletânea e autor de alguns dos artigos, discorre em um deles sobre a subjetividade da prova e, em especial (ao menos para mim) sobre como as mesmas são diferentes para um degustador experiente e um novato ou apreciador. Barry discorre bastante sobre o quanto céticos se tornam os “amadores” quanto às elaboradas, descritivas e, aparentemente, fantasiosas notas de degustação dos “especialistas”. Ele constrói bem uma base sobre a análise objetiva de vinhos para então dizer: […] Leia mais...

ISTO sim é comunicação eficiente

Nos últimos dias tenho acompanhado com um certo afinco os debates acontecidos e gerados pela conferência WineFuture, em Rioja.

Uma das conclusões que se tirou, em boa parte devido às apresentações de Robert Parker e Ryan Opaz, foi a de que a comunicação dos produtores, distribuidores, etc. com o público é falha.

Não sei se por coincidência, o blog Vinography publicou há poucos dias uma nota sobre um outro blog,  o Spittoon, que trazia uma notícia um tanto bizarra, ainda que divertida: uma rede de supermercados inglesa… Leia mais...

WineFuture, MediaFuture, EducationFuture

Não é em todo lugar que a gente vê pessoas com interesses comerciais relativamente óbvios defenderem a conexão em rede com tanto afinco quanto pudemos ver nas apresentações do WineFuture. E, de fato, quanto mais os apresentadores tinham “responsabilidades” comerciais, menos ênfase colocaram no sistema de rede (embora eu pense que, no caso dos que estavam ali presentes, isso ocorra mais por falta de conhecimento e reflexão sobre o assunto que por simples necessidade de manter o controle sobre a informação).

De todo modo, o que mais me impactou foi o quão reais e… Leia mais...

Sim, eu sei. Tá faltando coisa aqui, né.

Eu sei que eu fico prometendo “agora vai”, mas é que felizmente as coisas andam movimentadas por aqui. Depois de uma semana de cama (oinc, oinc), duas de casamento e lua-de-mel e mais duas de trabalho louco para deixar tudo pronto para o final-do-ano, nada mais óbvio que retomar o trab- quero dizer, recuperar o atraso e a ausência em uma das conferências mais importantes dos últimos tempos no quesito vinho: Wine Future, em Logroño, na Rioja. Leia mais...

Noite de Jogos

Depois de martelar bastante, vinhos italianos e jogos de Reiner Knizia com o Rodrigo Volponi.

A foto está péssima (celular só tira foto que presta de dia, né) mas os vinhos são: Leia mais...

Categorias: Provas Tags:

O perigo da imodéstia

Jancis Robinson publicou hoje, em seu site, um artigo de seu colaborador Richard Hemming sobre os espumantes ingleses e a polêmica declaração – com mais de 150 anos!!! – Leia mais...

Vinícola – Mais Jogo!

Os portugueses fanáticos por jogos de tabuleiro estão felicíssimos: mais um jogo “nacional” será publicado no mercado europeu pela “What’s Your Game” (responsável entre outros por edições de Caylus e Reef Encounter) e o tema é, muito convenientemente, VINHO! Leia mais...

Vinho para Mulheres

Notinha rápida: nesta quinta, aula de degustação descontraída exclusiva para mulheres no Madame Aubergine, uma escola de gastronomia numa casa onde eu poderia viver feliz com minha futura mulher que adora a cor das paredes.

California Dreaming

Chegando de 15 dias de viagem, após uma prova escabrosa – mas muito menos dolorosa do que o esperado – me dei conta de que o blog está abandonado há quase 3 meses (!!!!) e com infinitos rascunhos começados, além de uma série de degustações documentadas e uma semana na Itália para relatar. Mal dos novos tempos, não posso fazer mais do que me adaptar às possibilidades e começar a liberar o que já está pronto, até poder finalizar e incluir o que está no forno. Vamos lá…

Foi com alguma ansiedade que fui ao Ici… Leia mais...

Um raro achado

Faz tempo que vejo um certo livro nas prateleiras virtuais e nunca pensei em adquirí-lo, até receber uma recomendação expressa – e convincente – de um dos meus professores. Pela capa e estrutura (SIM, eu compro livros pela capa. Editoras que queiram vender, aprendam com a CosacNaify) nunca dei muito valor a ele: é feinho, parecendo um desses guias turísticos “padrão”, magro e relativamente fino.

Não duvido que muitos de vocês tenham notado a invasão de livros sobre vinho no mercado. Parece que todo dia alguém vomita um livro novo e eles são, em maior Leia mais...