Archive

Arquivos da Categoria ‘Matérias’

Ano Difícil

Notinha rápida: ano difícil para o vinho, com perdas sérias… Fiquei sabendo pela Decanter do falecimento de um ícone da vinicultura francesa: Didier Dagueneau, o “Homem-das-Cavernas” do vinho… Leia mais...

Categorias: Matérias Tags:

Mygazines – para quem não tem assinatura

Novidade para quem não tem assinatura de revistas: meu amigo Claudio Arroyo acabou de me mandar um link excepcional: o site Mygazines permite que os leitores façam upload de revistas completas escaneadas em alta qualidade para um sistema de navegação e leitura muito simples e prático. Ainda não procurei saber como funciona legalmente, mas há publicações atuais e de poucos meses atrás completas, inclusive revistas brasileiras.

Ainda não há um acervo muito rico (pelo menos de coisas do meu interesse), mas o sistema é tão simples e prático que dá gosto de… Leia mais...

Screwcap e o Mercado

Lendo hoje o teaser “Screwcaps are best: Decanter verdict” para a matéria deste mês da revista inglesa – 50 Reasons to Love Screwcap – que conta como todos os editores, degustadores, faxineiros e estagiários da revista consideram screwcap a melhor forma de fechar vinhos, me intrigou um pouco a maneira um tanto… festiva, de publicarem a própria opinião.

Mesmo sabendo que esta é considerada a mais imparcial e independente revista do meio e mesmo sendo pessoalmente a favor de uma utilização bastante ampla de screwcap, fiquei me coçando com a… Leia mais...

Reviravolta à vista [Editado]

Passou despercebida nos meus feeds a notícia do blog Winecast de que a Amazon.com decidiu entrar no mercado de vinhos. O monstro das vendas internacionais está buscando um comprador para selecionar os vinhos que comporão seu acervo.
Vale a pena ler o artigo do blog, que dá uma idéia de como o sistema inovador do site de vendas pode beneficiar em particular o mercado de vinhos americano, mas potencialmente o de todo o mundo.
Leia mais sobre o assunto:

Veja
Vinho pela Internet, de 8 de Março de 2008 – a… Leia mais...

Mais Espanha

A outra notícia espanhola da Harpers é a oficialização de (outra) iniciativa individual: o Vino Dulce de Frío, uma experimentação das Bodegas Gramona que levou dez anos para convencer as autoridades da Denominação de Origem Penedés. Um dos irmãos proprietários das Bodegas, Jaume Gramona, apaixonado pelos Eiswein alemães, insistiu em produzir seu próprio Vi de Gel, vinho do gelo, em catalão, que agora faz parte da legislação!
Ao que tudo indica, não há importação destes vinhos para o Brasil. Se alguém conseguir uma garrafa, me convida!

Um País de Países

A Espanha é freqüentemente exaltada como o país do presente e do futuro do vinho. Com a maior área sob vinhedos do mundo e a terceira maior produção, usufrui mais que qualquer outro país das reviravoltas tecnológicas e culturais do vinho nas duas ou três últimas décadas: um salto de qualidade imenso, muito investimento de enólogos e produtores extremamente empreendedores e a boa estrela de ter encantado os principais especialistas do mercado internacional com seus grandes vinhos colocaram o país na “ponta-cortante” da viti-vinicultura mundial.

Por outro lado a Espanha é conhecida também pela dificuldade de emplacar com o… Leia mais...

Fetiche?

Talvez alguns de vocês tenham lido em que eu andei obtendo dicas sobre os meus textos de uma jornalista. A mais aguda delas me deixou curioso: “tome cuidado com algumas afirmações. Numa das notas você defende as garrafas pesadas que (…) só servem para aumentar o frete pago pela bebida”.
Acompanhada da observação vinha uma indicação de um artigo da jornalista inglesa Jancis Robinson sobre o peso das garrafas (“É Hora de Repensar as Garrafas”, Prazeres da Mesa nº38, Julho de 2006).
Após assistir a

"O Inimitável mais Imitado"

Com este título, a coluna de vinhos do Estado de São Paulo fechou o último ano avaliando alguns dos mais renomados espumantes do mercado e explicando, pela enésima vez, que nem tudo que borbulha é champagne.

Eis que hoje o site da revista inglesa Decanter traz uma notícia de alegrar os corações dos produtores da famosa região francesa e mostra a liçãozinha que o governo belga (e em teoria o de qualquer país da OMC também deveria) para aqueles que ainda insistem em fazer uso indevido de nomes

Banalização da Complexidade

Revue du Vin de France, edição de abril. Coluna de Éric Riwer:

Le Figaro quer ‘acabar com a eno-complexidade’, a saber, o fenômeno pelo qual os franceses ficam complexados pela sua falta de conhecimento sobre o vinho. Segundo uma sondagem efetuada pelo Ipsos-Afvin, 60% dos franceses confessam não compreender nada sobre vinho.

Isto explica a constatação publicada por Les Échos em um artigo entitulado ‘O mundo do vinho faz sua pedagogia’. Gérard Bertrand explica: ‘É necessário propor códigos de leitura diferentes […] para tornar o mundo do

Sobre Bares de Vinho

O blog Vinography, recentemente premiado na França como melhor wineblog internacional, soltou mais uma muito boa. Seu autor, Alder Yarrow, elaborou uma interessante análise sobre os Bares de Vinhos que estão pipocando para todo lado.
Não posso negar que toda essa propaganda aqui nas Peripécias se deva ao tanto que me identifiquei com o que ele pensa, em especial considerando o bar de vinhos Outono 81, em Belo Horizonte, que carreguei no colo com os proprietários…

Seguem os pontos mais importantes, mas você pode clicar aqui para ler na íntegra em inglês.

“Talvez você já tenha… Leia mais...