Archive

Posts com a Tag ‘São Paulo’

Almoço, por favor.

Hoje, como outras vezes, não almocei. Sentado no computador, respondendo e-mails e montando planilhas, beliscando biscoitinhos com café expresso ou chá que diligente e cuidadosamente a Cris veio trazendo ao longo da manhã, só me dei conta da hora de almoçar quando já era tarde e eu teria que passar mais duas horas trancado numa sala. Me lembrei, de imediato, do Hugh Johnson.

Poucas pessoas no mundo têm o misto de experiência, conhecimento, sensibilidade e reflexões sobre vinho e tudo o que lhe circunda como Hugh Johnson, mentor de Jancis Robinson

La Casserole

A boa surpresa de hoje foi a visita de trabalho que fiz ao restaurante “La Casserole”, em uma das praças mais tradicionais de São Paulo, o Largo do Arouche. Até o site deles é simpático, mas meu medo era de que a tradição do lugar tivesse se sobreposto à qualidade, coisa mais que comum em restaurantes com idade avançada: o Casserole tem 54 anos de vida, sempre nas mãos da mesma família. Fundado por um casal de franceses, hoje é responsabilidade da filha, Marie-France Henry, que é famosa por estar sempre de olho e visitando os… Leia mais...

Bibliografia

A maioria dos artigos aqui presentes está baseada em informações obtidas em artigos de revistas, sites e livros citados nos próprios artigos. Entretanto, ao discorrer sobre os textos mencionados, utilizo referências e informações obtidas ao longo dos meus estudos, muitas vezes não explicitados nos textos.
.
Sei que há anos estou devendo que esta seção seja atualizada, mas estou de fato trabalhando no conteúdo em função do “guia para brasileiros” do WSET Diploma. Abaixo vai um preview do que estou montando, um minutinho mais
Categorias: Tags: , , , ,

The Paulistan Paradox

Devo dizer que São Paulo é impressionante. É uma metrópole, cosmopolita, com todos os seus entra-e-sai de gringos, paraíbas e paulistanos. Rica, pobre, grande até perder de vista, possui aproximadamente escandalosos

restaurantes.

. Doze mil e quinhentos.

Para uma pessoa como eu, que veio do interior, lá de Roça Grande das Minas Gerais – também conhecida como Belo Horizonte ou Capital do Ande-Cem-Metros-e-Pare-No-Sinal – doze mil e quinhentos, vejam bem, doze MIL e quinhentos restaurantes é uma quantidade interminável. Tem paulistano que diz que São Paulo é a

"O Inimitável mais Imitado"

Com este título, a coluna de vinhos do Estado de São Paulo fechou o último ano avaliando alguns dos mais renomados espumantes do mercado e explicando, pela enésima vez, que nem tudo que borbulha é champagne.

Eis que hoje o site da revista inglesa Decanter traz uma notícia de alegrar os corações dos produtores da famosa região francesa e mostra a liçãozinha que o governo belga (e em teoria o de qualquer país da OMC também deveria) para aqueles que ainda insistem em fazer uso indevido de nomes